Notícias

Deputado Dr. Jean Freire em mais um final de semana de trabalho pelo Vale

Deputado Dr. Jean Freire em mais um final de semana de trabalho pelo Vale

No sábado, 12, doutor Jean Freire visitou o Mutirão da Pele, na cidade de Itaobim. O evento, que ocorreu durante os dias 11 e 12 na Escola Municipal Pedra Verde, foi organizado pela Secretaria Municipal de Saúde do município em parceria com o Instituto Superior de Medicina e Dermatologia (ISMED), com os Freis Franciscanos e com o Movimento de Reintegração das pessoas atingidas pela Hanseníase (MORHAN). Foram atendidas cerca de 2000 pessoas dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, fazendo desse o maior mutirão já realizado na região.

 

Ainda no sábado, o deputado visitou a cidade de Águas Vermelhas, onde se reuniu com alguns apoiadores. Visitou ainda o campo de futebol da cidade e a sede do Pró­infância, ambos com obras inacabadas e paralisadas, e os moradores da comunidade de Itamarati.

 

O deputado passou o dia de domingo, 13, visitando comunidades rurais da cidade de Jenipapo de Minas. A primeira visita foi à Comunidade de Santo Antônio, que dista 45 km da sede do município, em que além de representantes desta comunidade, estiveram presentes também moradores das comunidades do Muquém, São judas, Lagoa Grande e Veredas.

 

O deputado falou um pouco sobre sua história de vida, sua campanha, considerada a mais barata da última eleição, as ações que o mandato vem desenvolvendo, como a criação da Comissão Extraordinária das águas, criação do projeto de lei que propõe a criação, em Minas Gerais, da Política Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural para a Produção Rural (Peater) e o Programa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar (Proater), e do projeto de lei de recuperação do Santo Antônio, afluente do rio doce, atingido pela lama de rejeitos das barragens da empresa Samarco, que se romperam em Mariana. Além disso, doutor Jean também discutiu com os presentes o processo de impeachment que estão querendo abrir contra a presidenta Dilma Rousseff, informando­os sobre a ilegalidade do mesmo.

Os moradores questionaram sobre as obras da Unidade Básica de Saúde da comunidade Muquém, que estão paralisadas e solicitaram uma torre de telefonia móvel. O deputado explicou que o Minas Comunica – Programa de Universalização do Acesso aos Serviços de Telecomunicações do Estado de Minas Gerais, abrange apenas regiões caracterizadas como distritos, que não é o caso da comunidade e por isso ela não foi contemplada. Entretanto, o deputado informou que já está se reunindo com os responsáveis pelo mesmo a fim de tentar ampliá­lo para que mais pessoas sejam beneficiadas.

 

Os representantes das comunidades também questionaram sobre a legalidade dos poços artesianos que vem sendo abertos na região. Eles ainda discutiram a construção da Barragem do rio Setúbal alegando que a mesma não trouxe nenhum benefício para os moradores, que não tem acesso à água da barragem, e que a mesma não tem nenhum projeto de sustentabilidade a fim de que essa água seja aproveitada de algum modo.

 

Outra comunidade visitada pelo deputado em Jenipapo de Minas foi a Agrovila I, que fica a 10 km da sede. Essa comunidade é composta pelos atingidos pela barragem do rio Setúbal. Os moradores informaram que a Rural Minas, responsável pela construção da barragem, não pagou as indenizações aos moradores. Segundo eles, a comunidade se enfraqueceu diante a situação e muitas famílias acabaram fazendo acordos individuais. O deputado sugeriu uma audiência pública para discutir a questão. A proposta é de que a audiência seja realizada em Belo Horizonte como uma forma de assegurar a participação dos órgãos responsáveis. Outra reivindicação da comunidade foi por uma maior fiscalização do Polícia Ambiental em relação à proteção das nascentes do rio. Segundo os moradores, eles já alertaram o órgão quanto o plantio de eucalipto às margens das nascentes e nenhuma providência foi tomada até o momento.

 

Ainda em Jenipapo, o deputado esteve na comunidade Vila São José. Como nas outras visitas, Dr. Jean relembrou sua trajetória de vida, seus projetos enquanto vereador e deputado, como a Casa do Estudante, projeto que iniciou quando ainda legislava na cidade de Itaobim. Um dos principais temas tratados no encontro foi a agricultura familiar, uma das principais bandeiras do mandato Dr. Jean Freire. Os moradores pediram ajuda para a construção de uma igreja na comunidade e também pelo acesso à água.

 

Outro problema apresentado pelos moradores foi a questão migratória. Segundo eles, o índice de migração dos homens é muito grande na época da colheita da cana­-de­açúcar. Dessa forma, as mulheres da comunidade acabam ficando sozinhas para cuidar de todas as tarefas e dos problemas que a comunidade enfrenta. A sugestão foi a criação de um projeto que ampare essas mulheres durante esses períodos. Os moradores reivindicaram também um transporte para atender as pessoas que precisam ser transportadas para a sede em busca de tratamento médico e uma tenda para a farinheira. Sobre a tenda, o deputado lembrou que para que isso fosse possível, a comunidade deveria ter uma associação regularizada, o que não é o caso. Além disso, ele solicitou que essa documentação fosse enviada ao gabinete para que o mandato pudesse orientar a comunidade nesse processo de regularização.

 

Na segunda­feira, 14, o deputado visitou o apoiador Ronaldo Meireles e o Pe. Luciano, e o hospital Municipal, em Pedra Azul. No período da tarde, acompanhado da esposa, Alexandra Brasil, e dos filhos, Beatriz e Pedro, esteve na Associação União dos Moradores do Bairro Esplanada, distribuindo presentes para cerca de 80 crianças.

 

Assessoria de Comunicação

 

Fotos: divulgação

Compartilhe

Comente