Notícias

Deputado enfatiza demandas do Vale em instalação do Fórum de Governo do Alto Jequitinhonha

Deputado enfatiza demandas do Vale em instalação  do Fórum de Governo do Alto Jequitinhonha

Participante de todos os eventos do governo estadual realizados nas regiões do Vale do Jequitinhonha, Norte de Minas e Vale do Mucuri, Dr. Jean Freire esteve na última sexta-feira, 7, no lançamento do Fórum de Governo Território Alto Jequitinhonha, em Diamantina.

 

Em sua fala de abertura, o deputado destacou a principal característica do governo Pimentel, a abertura ao diálogo: "Há 10 anos, o presidente Lula criou a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Agora, o governador ouve novamente os anseios destas regiões, as menos desenvolvidas do Estado. São tantas coisas a se fazer, mas a primeira está fazendo: ouvir o povo”.

 

O parlamentar foi corroborado pelo governador, que lembrou que “mais do que uma promessa de campanha, ouvir as pessoas é uma atitude de carinho com Minas Gerais”. “Eu só estou aqui como governador do Estado porque vocês me colocaram aqui. Então, eu tenho de voltar sempre aos locais onde tem gente que me pôs aqui, para que possamos ouvir as pessoas, conversar com elas. Se tiver críticas, vamos ouvir com humildade. Não é perda de tempo, é ganho de tempo. Para errar menos, vamos ouvir. Essa é a grande lição que nós aprendemos ao longo da história: ter a humildade, a simplicidade, a singeleza, de chegar perto do povo. O povo tem a sabedoria do saber fazer e nós precisamos aprender com ele. Ninguém é tão bom assim que não precise ouvir ninguém. Nós temos de ouvir as pessoas”, acrescentou Pimentel.

Demandas do Vale

 

Dr. Jean lembrou, ainda, que, em menos de oito meses de governo, Pimentel já esteve duas vezes no Jequitinhonha e atendeu demandas históricas no Estado, como o acordo para pagar o piso nacional dos professores, além da retomada de obras em Minas. Mas ressaltou que demandas históricas e urgentes do Vale, ainda precisam ser feitas. “Nós somos de uma região que já tivemos presidente, o Juscelino Kubitschek, e ainda temos uma BR 367 precisando de asfalto. Ainda temos a LMG 677 precisando de asfalto. São tantas coisas...”, enfatizou Dr. Jean para as mais de 600 pessoas que participaram do evento, mostrando, mais uma vez, que o povo do Vale é de luta e vai exigir seus direitos há tanto abandonados.

“Nós somos de uma região que já tivemos presidente, o Juscelino Kubitschek, e ainda temos uma BR 367 precisando de asfalto. Ainda temos a LMG 677 precisando de asfalto. São tantas coisas...” Dr. Jean Freire

 

Obras

 

Fernando Pimentel anunciou, durante a instalação Fórum, a retomada das obras da estrada que liga aquela cidade a Milho Verde e ao Serro. Com 58,2 quilômetros de extensão, a rodovia teve os trabalhos de implantação iniciados em outubro de 2013 e paralisados um ano depois.

 

“Estamos retomando as obras. Eu queria dar essa notícia aqui. Nós vamos retomar e dar ordem de serviço na estrada Diamantina a Milho Verde e Serro. Vamos voltar aqui para visitar a obra com os prefeitos, com a obra andando, daqui a uns 15 dias ou um mês”, afirmou Pimentel.

 

Outra obra anunciada pelo governador foi a reforma da sede da Escola de Música Arte Miúda. Pimentel e o secretário de Transportes e Obras Públicas (Setop), Murilo Valadares, assinaram o despacho governamental na presença da diretora da Escola, Soraya Alcântara, e de representantes dos movimentos sociais da região. Além de jovens que podem arcar com estudos musicais, a Arte Miúda recebe crianças de famílias de baixa renda, concedendo bolsas. A diretora da escola, Soraya Alcântara, trabalha para resgatar e manter vivas as tradições culturais de Diamantina, de festas populares e composições de músicos da cidade.

 

Segundo Pimentel, o anúncio só foi possível graças ao pagamento de cerca de R$ 500 milhões de faturas atrasadas, deixadas pela gestão anterior apenas no setor de obras. “Estamos retomando as obras porque conseguimos pagar, com muito esforço, as dívidas das faturas que ficaram do ano passado. Cerca de 90% já foram pagos e, com isso, já podemos começar a chamar as empresas e retomar algumas obras. Mas, daqui para a frente, toda a definição que vai ser feito será decidido em conjunto com a população, o que é mais importante”, afirmou o governador.

O Fórum

 

O Fórum Regional de Governo – Território Alto Jequitinhonha conta com 20 municípios e dois subterritórios. Foi o nono dos 17 fóruns a ser instalado. Por meio de projetos como o dos Fóruns Regionais de Governo, que abrem espaço para a sociedade civil participar da construção de políticas públicas em Minas Gerais, o governador espera reduzir as desigualdades regionais e levar a administração estadual a todo o interior.

 

Nesta sexta-feira, durante o período da tarde, o público presente pôde tirar dúvidas com os coordenadores do programa sobre a metodologia do trabalho e as diretrizes para os fóruns. Foram entregues por representantes do governo formulários de diagnóstico territorial, que será utilizado para levantar as demandas da população. Cerca de 600 pessoas compareceram na solenidade de abertura, pela manhã, entre prefeitos, vereadores, movimentos sociais organizados e cidadãos interessados em contribuir.

 

A agenda dos fóruns está sendo disponibilizada no site www.forunsregionais.mg.gov.br. O usuário deverá informar o nome de sua cidade e assim ter acesso às informações sobre os Fóruns de seu território. Outras informações poderão ser obtidas através do e-mail forunsregionais@governo.mg.gov.br.

 

 

Municípios que compõem o Território Alto Jequitinhonha

 

Alvorada de Minas, Aricanduva, Capelinha, Carbonita, Chapada do Norte, Coluna, Couto de Magalhães de Minas, Datas, Diamantina, Felício dos Santos, Gouveia, Itamarandiba, Leme do Prado, Minas Novas, Presidente Kubitschek, São Gonçalo do Rio Preto, Senador Modestino Gonçalves, Serro, Turmalina e Veredinha.

 

 

Assessoria de Comunicação (com informações da Agência Minas)

Fotos: Gil Leonardi/Imprensa MG

 

Compartilhe

Comente