Notícias

Deputado reitera importância das Apaes em evento em Araçuaí

Deputado reitera importância das Apaes em evento em Araçuaí

O deputado Dr. Jean Freire participou neste sábado, 4, de importante espaço para discussão das políticas públicas de promoção dos direitos das pessoas com deficiência. O Fórum das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) do Médio Jequitinhonha e Alto Rio Pardo foi realizado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifet), campus Araçuaí, com o tema “Habilitação e Reabilitação da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla na Assistência Social, Saúde e Educação”.

Dr. Jean compôs a mesa e falou da importância da habilitação e reabilitação da pessoa com deficiência com vistas à redução das incapacidades, desenvolvimento das potencialidades e habilidades para o trabalho e inclusão social.

As cidades participantes do Alto Rio Pardo foram: Rio Pardo de Minas, Salinas, São João do Paraíso e Taiobeiras. Do Médio Jequitinhonha foram: Araçuaí, Divisa Alegre, Jenipapo de Minas, Jequitinhonha, Joaíma, Medina, Pedra Azul e Virgem da Lapa.

Constante incentivador, defensor e apoiador das Apaes, Dr. Jean lembrou, no início de sua fala, uma frase que aprendeu na Apae de Araçuaí e que usa constantemente em sua trajetória: “na vida a gente aprende de duas maneiras. Ou pelo amor, ou pela dor”. “E nestas Associações”, afirmou o deputado, “há muito amor ao próximo e exemplos de vida”.

Ele continuou: “Coloco nosso mandato à inteira disposição da Apae. E peço a você, Eduardo Barbosa, presidente das Apaes, para lutar e não deixar que ocorra um retrocesso. Espero que seu lado 'apaeano' seja mais forte do que o seu lado partidário”. Dr. Jean Freire dirigia-se ao deputado federal pelo PMDB, apoiador do processo de impeachment da presidenta Dilma, presente ao encontro.

Dr. Jean aproveitou a oportunidade para afirmar que, “se o governo interino tiver prosseguimento, as Apaes serão penalizadas”. “Haja vista a extinção do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos, ao qual o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade) estava atrelado”, exemplificou.

Manifestação

Um pouco antes do Fórum ser iniciado, integrantes do Levante Popular da Juventude, Frente Jequi Popular e Movimento dos Atingidos por Barragens (Mab) realizaram um ato de repúdio a de Eduardo Barbosa. Com cartazes e alto-falantes, os jovens gritavam palavras de ordem como “não vamos deixar o Temer rasgar a Constituição” e “não vai ter golpe, já tem luta”. Assista aqui.

O deputado Dr. Jean aprovou a ação dos manifestantes: “Estão fazendo nada mais do que lutar por vocês, do que lutar pela democracia”, declarou. Ele lembrou a todos, ainda, que o campus do Instituto no qual o evento estava sendo realizado foi criado, assim como outros no Vale do Jequitinhonha, nos governos Lula e Dilma.

E concluiu: “Não podemos deixar que a falsidade, a mentira de ser contra a corrupção acabe com um governo legítimo, eleito por 54 milhões de votos!”

Encaminhamentos

Durante a reunião, foram apresentadas as novas diretrizes de autogestão das Apaes, direitos dos portadores de necessidades especiais junto à assistência social, os procedimentos de habilitação e reabilitação das pessoas com deficiência e a assistência educacional a essas pessoas.

 

Assessoria de Comunicação

Fotos: divulgação

Compartilhe

Comente