Notícias

Dr. Jean e comitiva de gestores do Vale reúnem-se com Secretário de Segurança e Chefe da PM/MG

Dr. Jean e comitiva de gestores do Vale reúnem-se com Secretário de Segurança e Chefe da PM/MG

Diversos municípios do Vale do Jequitinhonha foram alvos de ataques criminosos nos últimos dias. São assaltos a bancos, lojas, sequestros, atentados contra policiais, entre outros crimes. Na tentativa de debater a segurança pública da região e buscar soluções para estes problemas, o deputado Dr. Jean Freire esteve em agendas com o Secretário Estado de Segurança Pública, Sérgio Barboza Menezes, e com Comandante Geral da Polícia Militar de Minas Gerais (PM/MG), Coronel Herbert Figueiró.
 

Em ambas as agendas, o parlamentar foi acompanhado pelos vice-prefeito de Coronel Murta, Rômulo Murta, prefeito de Divisa Alegre, Marcelo Olegario Soares, e seu vice, David Matos Pereira.
 

Na manhã da terça-feira, 21, a comitiva esteve na Secretaria de Estado de Segurança Pública. Além de Menezes, estavam presentes também o Assessor Institucional da Polícia Militar, Coronel Giovanne Gomes da Silva, o Delegado André Pelli, Assessor Institucional da Polícia Civil e o Capitão Alberto Morais Tresinari, Assessor Institucional do Corpo de Bombeiros.

Aumento do efetivo


Uma das principais reivindicações do parlamentar e dos gestores municipais que o acompanharam é o aumento do efetivo na região. Segundo Marcelo Soares, prefeito de Divisa Alegre, onde ocorreram explosões de caixas eletrônicos no início da semana passada, o baixo número de policiais nas ruas têm deixado a população insegura. “Aumentar o efetivo em nosso município é muito importante, pois beneficiaria toda a região”, disse. O prefeito também agradeceu ao deputado por ter sido o único a ir no município acompanhar de perto o trabalho da polícia na investigação. Dr. Jean esteve em Divisa Alegre e Medina, outra cidade que também foi alvo dos atentados.

 

A reivindicação do aumento do número de policiais nas ruas dos municípios também foi apresentada ao Comandante Geral da Polícia Militar de Minas Gerais (PM/MG), Coronel Herbert Figueiró. Em reunião na manhã desta quarta-feira (22), o gestor informou que “é prioridade da PM mineira a atenção aos municípios menores”. Para isto, garantiu que os 1700 soldados em formação na Academia da Polícia serão destinados para o interior do estado.

 

Segundo o Secretário de Estado de Segurança Pública, Sérgio Menezes, as polícias de Minas tem trabalhado com um número de efetivos abaixo do ideal. Para o delegado André Pelli, esta é uma dificuldade muito grande da Secretaria. “Tudo que o deputado traz é válido e nós sabemos da carência da região. Nós ficamos felizes de ver a luta aguerrida do Dr. Jean mas, infelizmente, esta é uma dificuldade com a qual nós estamos tendo que lidar”, disse.
 

Deputado preocupa-se com a segurança nos Vales

Outro problema apontado por Dr. Jean e pelos gestores durante a reunião foi o grande número de cidades do Vale que estão sem delegados há muito tempo. Itaobim, Minas Novas e Águas Vermelhas são apenas alguns exemplos. “Já faz tempo que estou tentando levar delegados pras essas e outras cidades e não consigo, mas sei que existem inúmeros pedidos de delegados querendo migrar para outras regiões do estado como, por exemplo, o sul de Minas. Por que é tão difícil assim conseguir gente para ir para o Vale mas não é para outros lugares?”, desabafou.
 

Segundo Pelli, existe uma tendência muito grande de que as pessoas vão para as regiões onde são aprovadas ou para onde são indicadas já com o intuito de pedirem transferência e retornarem para suas regiões de origem posteriormente. Uma das saídas para este problema é discutir a regularidade dos concursos, pensando em intervalos de tempo mais estratégicos entre um e outro e também na regionalização, com o intuito de que os servidores prestem concursos para suas próprias regiões, diminuindo o número dos pedidos de transferências e a dificuldade de preencher vagas em determinadas regiões.
 

Para este problema, Dr. Jean sugeriu o remanejamento de algumas regionais, que contam com número suficiente de delegados, para aquelas que não possuem nenhum. “A ideia não é descobrir uma cidade para cobrir outra, mas diante um quadro como esse, precisamos trabalhar com o que temos, a fazer os ajustes e as  adequações necessárias para servir o maior número de pessoas possível”, disse.


 

Região fronteiriça
 

Por se localizar muito próximo à divisa com o Estado da Bahia, o Vale do Jequitinhonha favorece a fuga de criminosos, dificultando a ação da polícia. Segundo o Secretário, Sérgio Menezes, é necessário que haja uma interlocução com o executivo deste estado para auxiliar no debate sobre segurança pública da região. “Precisamos estabelecer um diálogo constante com o estado da Bahia a fim de pensar conjuntamente uma forma de impedir a ação desses criminosos, tanto lá quanto aqui em Minas”, afirmou.
 

Especificamente sobre Divisa Alegre, o Comandante da PM/MG, Coronel Herbert Figueiró, intencionou atender a demanda de elevação do destacamento do município para pelotão.

 

Ações
 

Apesar de todas as dificuldades apontadas pelo secretário e os assessores institucionais, foram encaminhadas algumas ações na tentativa de minimizar o problema na região. Uma delas é um trabalho que já vem sendo desenvolvido pelo Coronel Marcelo Fernandes, Comandante da 15ª Região da Polícia Militar, em Teófilo Otoni. Ele tem realizado operações itinerantes com o auxílio do setor administrativo da PM.


O delegado André Pelli se comprometeu a tentar viabilizar, dentro dos limites enfrentados pelo estado, a destinação de um delegado para Itaobim, que é uma cidade estratégica para o Vale, devido sua localização estratégica. O comandante-geral da PM reforçou o compromisso.

 

Por último, foi proposta uma agenda do Secretário pelo Vale do Jequitinhonha para verificar de perto a situação das estruturas das polícias no Vale e o quadro de efetivo e, junto ao deputado, buscar alternativas para solucionar o problema.

 

Assessoria de Comunicação

Fotos: divulgação



 

Compartilhe

Comente