Notícias

IFNMG: Campus Araçuaí reforça parceria com comunidades quilombolas

IFNMG: Campus Araçuaí reforça parceria com comunidades quilombolas

O assessor do mandato, Marcos Luiz, participou no dia 8 de fevereiro (quarta-feira), no Campus Araçuaí do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), da reunião institucional com representantes de associações de comunidades quilombolas da área de abrangência do campus. Essa reunião foi demandada pelas organizações com o intuito de apresentar as demandas levantadas pelas comunidades em fóruns e reuniões realizadas ao longo do ano de 2016. Na oportunidade os presentes apresentaram a Comissão das Comunidades Quilombolas do Vale do Jequitinhonha (Coquivale), da qual fazem parte. A Coquivale congrega associações quilombolas do Vale do Jequitinhonha, e é reconhecida pela fundação Palmares.

Durante a reunião, foram apresentadas as demandas da temática educação levantadas durante o I Encontro das Mulheres Quilombolas do Vale do Jequitinhonha, realizado nos dias 26 e 27 de novembro de 2016, que contou com a participação de aproximadamente 200 mulheres representantes de comunidades quilombolas da região.

As demandas versam sobre dificuldades no ingresso dos estudantes quilombolas nos cursos ofertados pelo Campus Araçuaí, dificuldade para que os mesmos permaneçam e concluam com êxito seus cursos, sendo apontada como maior dificuldade os custos de manutenção relacionados a moradia e alimentação destes estudantes no município de Araçuaí durante o período letivo.

Em debate profícuo, os participantes apontaram a necessidade de fortalecer as parcerias existentes através de projetos, além de ampliar a ação dos núcleos de estudos existentes no Instituto como o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro e Indígenas (Neabi) e Núcleo de Estudos e Pesquisas Rurais (Nepru). Foi levantada também a possibilidade de ações articuladas para a realização de divulgação dos processos seletivos e vestibulares, sistema de cotas, política de assistência estudantil e sistemas de bolsa-permanência indígena-quilombola (FNDE). Foi debatida ainda a necessidade de construir alternativas para o enfrentamento da dificuldade de permanência a curto, médio e longo prazo.

Outro tema debatido foi a necessidade de incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira"conforme previsto nas leis nº 10.639 e nº 1.645/2008 que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB (Lei nº 9364/1996) e fomentar o debate sobre o Estatuto da Igualdade Racial (Lei nº1288/2010).

A reunião contou com a participação do Diretor-Geral do Campus Araçuaí, Professor Aécio Oliveira de Miranda, que reafirmou o compromisso institucional com a inclusão plena dos estudantes e o papel do IFNMG na promoção da formação cidadã.

Ao final, foram apontados encaminhamentos para formalizar essa importante parceria.

 

Fonte: IFNMG (com edições do mandato)

Fotos: divulgação 

Compartilhe

Comente