Notícias

Mandato apoia comunidade indígena de Araçuaí

Mandato apoia comunidade indígena de Araçuaí

No último domingo (19), a assessora do mandato, Lucimária Borges e a pediatra e dermatologista, Alexandra Brasil, esposa de Dr. Jean, representaram o deputado na comemoração dos 11 anos da aldeia indígena “Cinta Vermelha Jundiba”, em Araçuaí, e os 22 anos da chegada ao Vale do Jequitinhonha.

A visita ocorre em um momento oportuno, quando a luta indígena está ainda mais na ordem do dia, visto a chacina ocorrida no dia 14, no Mato Grosso do Sul. No confronto com produtores rurais, um índio morreu e outros seis ficaram feridos, entre eles uma criança. “Precisamos lutar para defender este povo”, ressalta Dr. Jean.

A aldeia no Vale do Jequitinhonha se chama “Cinta Vermelha Jundiba” porque “Cinta Vermelha” é o protetor espiritual dos Pankararu e Jundiba é uma árvore sagrada dos Pataxó, entorno da qual há uma série de mitos contados e recontados pelo pajé. Há cinco casas redondas, que foram construídas com a ajuda dos Pataxó do sul da Bahia, com alvenaria e palha trazidas de lá, após eles terem construído casinhas de barro batido, com as próprias mãos. Cada casa, além de moradia, tem outra função na aldeia. Entre elas, é interessante falar sobre a Casa do Segredo, onde o pajé conversa e aconselha todos da aldeia.

O evento iniciou-se na cabana dos encontros com a fala da Sra. Geralda Chaves Soares, conhecida como Gêra, relatando a história e atual situação dos indígenas Pankararu e Pataxó na Aldeia Cinta Vermelha Jundiba. Foram realizados a cerimônia dos Indígenas na Cabana do Segredo com os mestres e mestras da caminhada.

A esposa do Deputado Estadual Dr. Jean Freire, Alexandra Brasil, agradeceu a Gêra pelo convite e justificou a ausência do Dr Jean Freire, por não estar presente devido as agendas que estava realizando no Vale do Mucuri. O grupo “Levante da Juventude” e “Wakirê” fizeram uma apresentação com o tema “Olhando o passado e dando valor às raízes”.

Professores e funcionários do IFNMG estiveram no evento para conhecer a realidade dos indígenas.

Assessoria de Comunicação

Fotos: divulgação

Compartilhe

Comente