Notícias

Mandato na luta contra a violência à mulher

Mandato na luta contra a violência à mulher

O deputado Dr. Jean Freire tem se empenhado na luta pela não violência contra as mulheres. No último dia 8, sexta-feira, ele esteve, em Araçuaí, na capacitação da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, projeto da Secretaria de Políticas para Mulheres do Governo Federal, executado pela Associação de Municípios da Microrregional do Médio Jequitinhonha (Ameje). A assessora do mandato, Lucimária Borges, participou de todo o processo, nos dias 7 e 8.

“Ser mulher não é fácil. É discriminada e violentada. Ser mulher negra é ainda mais difícil. Ser mulher negra e pobre, é ainda pior. Ser mulher negra, pobre e morar no campo, é terrível. Ser mulher negra, pobre, morar no campo e ser solteira, a vida é muito complicada. Ser isto tudo e morar no Vale do Jequitinhonha, é mais difícil ainda. É só olhar para um estudo que mostra que Araçuaí está em 6º lugar dentre as cidades com menos de 50 mil habitantes em que as mulheres são mais violentadas”, enfatizou Dr. Jean.

E completou lembrando que “a mulher sofre no ato da violência, seja ela física ou psicológica, na ocorrência na delegacia e até mesmo no exame de corpo de delito”.

Estiveram presentes na composição da mesa, além de Dr. Jean, representantes da prefeitura, da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Sedese), Secretarias Municipais de Assistência Social, Educação e Saúde, Federação dos trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg), prefeitura de Jenipapo de Minas, Ameje, Polícia Civil de Araçuaí e Polícia Militar.

Participaram também representantes de Secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação de cerca de 21 municípios; mulheres trabalhadoras rurais; Marcha das Margaridas; profissionais do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), do Centro de Referência de Assistência Social (Cras); membros da sociedade civil; imprensa local, assistentes sociais, psicólogos, pedagogos, enfermeiros, dentre outros.

Durante o evento, aconteceu uma articulação regional para o encaminhamento de ações concretas, tais como patrulha da Polícia Militar de prevenção à violência doméstica e elaboração da carta compromisso “O Vale do Jequitinhonha que se quer, não tem violência contra a Mulher”, a ser entregue às autoridades locais e regionais.

Além disto, Dr. Jean ficou de articular uma audiência pública na Assembleia Legislativa para pautar questões no que se refere à proteção à mulher do Vale do Jequitinhonha.

Assessoria de Comunicação

Fotos: divulgação

Compartilhe

Comente