Notícias

Minas Novas: Deputado emociona-se ao acompanhar governador em evento de entrega de 350 posses rurais

Minas Novas: Deputado emociona-se ao acompanhar governador em evento de entrega de 350 posses rurais

Dr. Jean representou a ALMG na solenidade do Programa Estadual de Regularização Fundiária Rural, interrompido em 2011, e que permitirá acesso a crédito rural de proprietários

Evento foi matéria de capa da Agência Minas: veja.

"É sempre uma satisfação estar ao lado de Pimentel em momentos marcantes da luta deste governo por defesas de direitos. Ainda mais quando a justiça social é feita para um povo tão querido, tão sofrido e que, ao mesmo tempo, tanto produz, o povo da minha terra. Hoje é um dia de alegria, de felicidade!". Foi com entusiasmo e brilho nos olhos que o deputado Dr. Jean Freire participou representando a ALMG da cerimônia na qual o governador Fernando Pimentel entregou 350 títulos de propriedades rurais a famílias dos municípios de Minas Novas, Chapada do Norte, Turmalina, Frei Gaspar, Porteirinha e Serranópolis de Minas. O evento, realizado nesta sexta-feira (3/6) em Minas Novas, no Alto Jequitinhonha, contou com a presença de mais de 300 agricultores e posseiros dos territórios de desenvolvimento do Norte, Mucuri e Alto Jequitinhonha.

“Hoje é um dia de alegria, de felicidade. É a primeira vez na história do Vale que um governador pisa aqui cinco vezes em apenas um ano de governo. É verdade que nós temos muito o que pedir, mas também gostaria de agradecer esse governo. Vendo cada um de vocês recebendo seus títulos, eu só tenho que agradecer”, pontuou o parlamentar.

Dr. Jean ilustrou a importância dos agricultores e agricultoras familiares terem a titulação de suas terras com a história de um produtor que conheceu em Almenara: “Ele me disse que não celebrava mais o aniversário até que tivesse a posse da terra que ele sempre amou”. “E agora há motivos para voltar a comemorar todos os anos!”, finalizou o deputado.

Um dos posseiros que recebeu das mãos do governador o documento de suas terras foi o integrante do Conselho Político do mandato Dr. Jean Freire, João Gualberto Pereira, de 43 anos, líder sindical em Chapada do Norte. O posseiro falou da imensa alegria daquele momento e dedicou-o ao pai, “que lutou e trabalhou tanto por nossa terra, dando seu suor dia após dia, mas sem nunca conseguir registrá-la”.

João Gualberto agradeceu ao governador pela retomada do Programa Estadual de Regularização Fundiária Rural e solicitou aos órgãos competentes “que olhassem mais para o agricultor e que não deixasse que as políticas públicas já existentes findem”.

 

Títulos

Com o documento, as 350 famílias beneficiadas passarão a ter o acesso a várias políticas públicas, como acesso a crédito, à assistência técnica e melhoria da produção e comercialização dos produtos.

O Programa de Regularização Fundiária Rural é desenvolvido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda) e o cadastramento é feito em parceria com a Emater-MG e uma força-tarefa integrada por prefeituras, câmaras municipais, Incra, cartórios e federações de quilombolas e de agricultores, entre outros.

Em seu discurso, Pimentel destacou a importância não só dessa ação como também da proximidade entre a administração estadual e a população. “Cada título é uma vida para as famílias. Vocês merecem o meu carinho, o meu apoio. Mas tem outra coisa além dos títulos: se a gente não vai onde o povo está, como é que poderíamos saber, por exemplo, da angústia de Chapada do Norte, da falta de água nesse município? É preciso vir e conversar com as pessoas”, afirmou.

Segundo diagnóstico do Governo de Minas Gerais, mais de 53 mil famílias tinham demandas de titulação de posse da terra, 16 mil processos estavam engavetados e 37 mil famílias já haviam sido cadastradas. Desde o ano passado, a Seda investiu cerca de R$ 5 milhões para recadastrar 5,1 mil famílias nos territórios do Norte, Mucuri, Baixo e Médio Jequitinhonha, Alto Jequitinhonha, Região Metropolitana de Belo Horizonte, Vale do Aço e Caparaó.

O governador ressaltou ainda a instalação dos Fóruns Regionais de Governo e o esforço para melhorar a vida dos mineiros, apesar do déficit financeiro do Estado. “Nem sempre a gente consegue resolver tudo. Temos um déficit no orçamento grande mas, ao tomar conhecimento do problema, conversando com os prefeitos e a população, já se começa a desenhar a solução. Estamos governando Minas Gerais com muito trabalho e o resultado vai aparecendo”, resumiu.

Pimentel também criticou o valor de cerca de R$ 2 bilhões investido pela gestão anterior na construção da Cidade Administrativa. “Quando venho para o interior de Minas, vejo a falta que esses R$ 2 bilhões fazem. Se pudéssemos ter esse dinheiro de volta, aplicaríamos na saúde, segurança, educação. Não vamos repetir esse erro de investir tanto dinheiro sem ouvir o povo”, afirmou.

 

Beneficiados

Para a agricultora Carlinda Tomé dos Santos, de 64 anos, o título de sua propriedade rural, recebido nesta sexta-feira, vai servir para a subsistência de seus 12 filhos e mais quatro irmãos. “Agora sou a dona da terra em Frei Gaspar onde nasci, cresci e casei. Vou plantar milho, feijão, cana e café”, contou.

Participaram da cerimônia ainda os secretários Odair Cunha (Governo) e Helvécio Magalhães (Planejamento e Gestão), além do presidente da Emater-MG, Glênio Martins, e de lideranças políticas e comunitárias da região.

 

Seca em Chapada do Norte

Durante o evento, Pimentel determinou que o secretário interino de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Gustavo Xavier Ferreira, sobrevoasse a região de Chapada do Norte para estudar soluções para a seca no município. Uma das principais demandas da população é a construção da barragem Santa Rita.

“Atitudes como esta mostram a sensibilidade deste governo. Sempre repito que uma região tão desigual das demais tem que ser tratada de jeito especial. Em Chapada do Norte, 97% da população é negra. E eles não têm água suficiente para sobreviver”, ressaltou Dr. Jean.

 

LMG 677

Dr. Jean aproveitou o momento para, mais uma vez, agradecer o empenho do governador Fernando Pimentel na publicação do edital para asfaltamento da LMG 677, que liga Virgem da Lapa – Lelivéldia – Ijitacu (Em José Gonçalves de Minas). A publicação no jornal Minas Gerais foi feita um dia após Dr. Jean apresentar a Pimentel a urgência da obra.

“Em um voo a Carbonita, enfatizei ao governador que a pavimentação desta estrada era um sonho meu e de todo o povo do Vale. Pedi que ele não esquecesse destas pessoas e de suas dores”, relatou o deputado. Veja aqui matéria sobre

Não contendo a emoção, Dr. Jean finalizou seu pronunciamento com um trecho da música “Jequitivale”, considerada o “hino” do Vale do Jequitinhonha: “Vale que Vale cantar... Vale que Vale viver... Vale do Jequitinhonha, Vale eu amo você!”

 

Assessoria de Comunicação do Mandato (com Agência Minas)

Fotos: Manoel Marques/Imprensa MG e divulgação

 

 

Compartilhe

Comente